terça-feira, 13 de outubro de 2015

Consumo de bebidas energéticas: É indicado?


Olá?

Hoje trago uma revisão sobre o consumo de bebidas energéticas e sua relação com a atividade física.

Fonte: Google

Se você tem o hábito de consumi-las, veja se está indo no caminho certo ou se está prejudicando seu metabolismo com esse hábito:

  1. Apesar de bebidas energéticas serem ricas em vitaminas e minerais, também são ricas em carboidrato (açúcar) e cafeína;
  2. A função ergogênica na cafeína do desempenho físico e mental já está bem estabelecida, mas os outros possíveis benefícios (perda de gordura, por ex.) ainda precisam de mais estudos;
  3. A bebida energética consumida de 10 a 60 min antes do exercício, melhora o foco e a performance;
  4. Algumas bebidas energéticas possuem alguns ingredientes que ainda precisam de mais estudos para comprovar a segurança e a eficácia (a cafeína já é bem estudada, outros ingredientes, não)
    Fonte: Google
  5. O consumo de bebida energética de alto valor calórico, pode levar ao ganho de peso se esse valor não for considerado como parte da ingestão calórica diária;
  6. Deve-se levar em conta os efeitos no metabolismo após ingerir uma bebida com carboidrato de alto índice glicêmico, como elevação da glicemia e da insulina (o que favorece o acúmulo de gordura corporal), assim como os efeitos da cafeína e outros estimulantes na performance;
  7. O consumo de mais de uma unidade por dia pode levar à sintomas adversos, portanto deve-se consumir com moderação;
  8. Deve-se evitar o consumo dessas bebidas por diabéticos, indivíduos com doenças cardiovasculares, doenças metabólicas, doenças hepáticas, renais e neurológicas. 

Fonte: International Society of Sports Nutrition position stand: energy drinks, 2013. 
Postar um comentário