quinta-feira, 19 de maio de 2011

Como congelar os alimentos em casa

Olá, como estão?

Sei que muitos de vocês trabalham grande parte do dia, chegam em casa e ainda precisam cozinhar. Ou, moram sozinhos e muitos alimentos acabam sobrando em suas panelas.
Aprender a congelar da forma correta, vai ajudá-los no dia-dia, além de preservar os nutrientes e a qualidade dos alimentos.
Vamos às dicas?

- Primeiramente, escolha o recipiente para o congelamento. Potes de plásticos, de vidro ou saquinhos plásticos próprios para congelamento são os mais indicados. Escolha recipientes pequenos, que acomodem a porção ideal para 1 refeição (se você mora sozinho) ou o suficiente para sua família se alimentar apenas 1 vez, para que não haja sobras;
- Monte uma etiqueta com o nome da preparação e data do congelamento;
- A temperatura do freezer deve estar abaixo de 18°C;
- Um alimento cru descongelado nunca deve ser congelado cru novamente. Nesse caso, prepare o alimento (asse, cozinhe...), espere esfriar e então congele.

Frutas:
Aproveite a safra das frutas que você mais gosta e congele-as. Higienize-as, corte em pedaços, retire os caroços e a casca para então congelá-las. Ou, faça um suco. Bata no liquidificador com um pouco de água (se necessário) e congele as polpas em forminhas de gelo ou copos de plástico. Validade: 6 meses

Hortaliças:
Nesse caso, é necessário fazer o branqueamento das hortaliças, que é uma técnica que preserva a cor, textura e a qualidade.
Higienize, retire partes estragadas e mergulhe pequenas porções de cada vez na água fervente (o suficiente para cobrir o alimento). Para vegetais diferentes, troque a água.
(Abaixo há uma lista com o tempo que cada vegetal deve ficar na água fervente)
Ao sair da água quente, colocá-los em água corrente e em seguida, em água com cubos de gelo, para um rápido resfriamento.
Deixe os vegetais secando em toalha de papel ou de pano, e embale em seguida. Validade: 10 meses
Vegetais passados por esse processo de branqueamento ficam mais amolecidos, portanto cuidado ao descongelar direto na panela, pois seu cozimento será mais rápido.

Vegetal - Minutos de branqueamento
Aipo - 4
Abóbora cortar em pedaços - 3
Abobrinha cortada em pedaços - 2
Acelga em folhas - 2
Acelga talos - 2
Alcachofra - branquear com água e limão - 8
Alho porró  - 4
Almeirão - 2
Aspargo - 4
Batata (congelar frita/refritar antes de servir)
Beterraba inteira, tamanho médio - 8
Berinjela (melhor como prato pronto) - 4
Brócolis deixar de molho 30 min., escaldar em água e sal - 4
Cenoura inteira - 5
Cenoura em rodelas - 3
Chicória - 2
Chuchu (melhor como prato pronto) - 2
Cogumelo deixar de molho em água, limão e sal por 5 min, escaldar e congelar com água - 3
Couve - 2
Couve-Flor (somente os buquês) - 3
Ervilha fresca em grãos - 2
Ervilha fresca em vagem - 3
Espinafre espremer para tirar toda a água; não usar a água do branqueamento - 2
Favas, somente os grãos - 4
Mandioca, limpar e cortar - 8
Mandioquinha - 5
Milho em espiga - 8
Milho em grãos - 3
Mostarda - 2
Nabo - 5
Palmito, branquear com água e limão - 5
Pimentão - 2
Quiabo inteiro - 3
Repolho - 2


Carnes:
No caso das carnes cruas, retirar gorduras e partes não comestíveis, embalar em pequenas porções e congelar.
Para hambúrgueres, salgadinhos e quibes feitos em casa, congele-os em aberto (Em uma forma, lado a lado. Se necessário, cobrí-los com plástico e fazer outra camada por cima). Após 2 horas eles já estão congelados e podem ser transferidos para sacos plásticos.

Tempo de congelamento:
Carne bovina fresca - 12 meses
Miúdos de bovinos frescos - 3 meses
Carne bovina processada comercialmente - 2 meses
Carne moída - 3 meses
Hambúrgueres - 3 meses
Carne de porco fresca - 6 meses
Lingüiça e Salsicha - 2 meses
Bacon (tende a concentrar o sal) - 2 meses
Tender e Presunto - 4 meses

Frango - 9 meses
Peru - 8 meses
Pato - 4 meses
Peixe magro - 6 meses
Peixe gordo - 3 meses
Crustáceos: 6 meses


Pão de forma:
Se você mora sozinho e o pão de forma sempre acaba estragando ou vencendo antes de você comê-lo, congele-o em porções individuais, embalado em saco plástico por 4 meses. Descongele na sanduicheira, forno, frigideira ou torradeira.

Pratos prontos:
Nesse caso, não cozinhe demais os alimentos, pois serão reaquecidos posteriormente, podendo passar do ponto. Embale em porções individuais (potes ou sacos plásticos), fechando bem e retirando todo o ar (não deixe espaço entre a tampa do pote e o alimento). Validade: 3 meses

Não devem ser congelados:
Ovo com casca, maionese, chantilly, iogurte, banana, pêra, verdura de folha, pudins em geral, tomate (congelar só na forma de molho), batata (congelar somente frita ou na forma de purê), pepino, salsão, creme de leite, queijos cremosos, queijo fresco, macarrão sem molho, cremes engrossados, gelatina, ovo cozido

Para descongelar:
Nunca descongelar os alimentos em temperatura ambiente, pois essa é uma temperatura ótima para o crescimento de microorganismo que causam doenças.
Descongelar na geladeira, no micro-ondas ou na água. Nesse último caso, deixe o alimento submerso na água em temperatura ambiente por até 4 horas. Após esse período, se o alimento não estiver descongelado, terminar o processo na geladeira. 

Tentei resumir e colocar os itens mais importantes, mas se ainda ficou alguma dúvida, me mande um e-mail que responderei com o maior prazer! 


Beijo ;)
Postar um comentário