quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Parecer do CRN quanto ao Glúten

Olá,

Ontem recebi um e-mail do Conselho Regional de Nutricionistas alertando sobre a recomendação indiscriminada de dietas isentas de glúten.

Não sei se vcs já perceberam, mas ultimamente, vários nutricionistas estão indicando uma dieta sem glúten para todas os pacientes, mesmo os que não possuem alergias ou intolerâncias. 

O CRN recomendou na carta enviada que "a eliminação do glúten da dieta só deve acontecer mediante diagnóstico clínico confirmado de doença celíaca, de dermatite herpetiforme, de alergia ao glúten, ou quando, eliminada a hipótese de doença celíaca, haja diagnóstico clínico confirmado de sensibilidade ao glúten (também denominada como intolerância ao glúten–não celíaca)". 

O CRN também alerta que "a recomendação indiscriminada para restrição ao consumo de glúten não encontra atualmente respaldo na ciência da nutrição e está em desacordo com o Consenso Brasileiro sobre Alergia Alimentar (2007)".
 
"A recomendação de restrição de consumo de glúten deve ser destinada aos pacientes com diagnóstico clínico confirmado de doença celíaca, de dermatite herpetiforme, de alergia ao glúten, ou quando, eliminada a hipótese de doença celíaca, haja diagnóstico clínico confirmado de sensibilidade ao glúten (também denominada como intolerância ao glúten–não celíaca). Deve-se salientar que o diagnóstico clínico é de competência exclusiva do médico".  

E por último "O descumprimento dessa diretriz oferece indícios de infringência ao Código de Ética do Nutricionista".  

Agora que todos estão avisados, vamos repensar um pouco sobre as dietas restritivas e o bem-estar de todos.
Digo isso pois, uma dieta isenta de glúten é muito difícil de ser seguida. É cara e o paciente sofre ao sair com os amigos e não poder comer as mesmas coisas que eles, mesmo não tendo nenhuma doença que o impeça disso.

Beijos;)  
 
Postar um comentário